Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


O Soba Namputu foi deportado e morreu em Luanda

Publicado por Muana Damba activado 27 Octubre 2012, 09:50am

Etiquetas: #Fragmentos históricos da Damba

 

 

Por Dr. Camilo Afonso

 

Dr Camilo Afonso Nanizau.

 

No concernente a data de de 05 de Outubro de 1911, é a data em que a Damba é elevada a circunscrição do Concelho. É uma data importante para nós.Marca o fim das resistências da região, apesar destas terem continuado até 1920, com Mbyanda-Ngunga. Último soberano que combeteu as forças coloniais. Em toda a parte foi assim. Após uma vitória dos ocupantes, estes construíam logo no local as suas instalações administrativas, como forma de demonstração de forças e de poder dominante.

 
Assim foi com Namputu, que só em 1913 , foi possível prendê-lo e ser deportado para Luanda onde morreu na prisão. Resta-nos saber em que prisão morreu, entre S. Pedro da Barra e Fortaleza de S. Miguel. Por outro lado, aconselho que as pessoas comecem a ler os documentos já reunidos e criarem a sua consciência histórica da região.Tal e qual como aconteceu com o antigos Estado do Kongo em geral e da Ndamba em particular, a ocupação efectiva destes espaços só aconteceu após a partilha do continente africano.Os factos históricos refutam a tese dos 500 anos de colonização deste espaço. A presença portuguesa pode ter esta existência. A colonização em toda a áfrica só teve inicio após a partilha do continente africano.Apenas Luanda tem esta existência colonial, mas o interior tem datas desencontradas. O norte de angola as suas resistências contra a presença colonial portuguesa terminaram em 1920. A segunda fase recomeça com o 15 de Março de 1961até 11de Novembro de 1975.


Minguiedi Nankunzi ( no meio )

O soba Mingiedi Nakunzi (no meio) em 1945, substituiu os soberanos resistentes na Damba. (Foto A. M. de Martins Morais)

 

No leste, as primeiras terminaram em 1926, e prolongaram-se com o inicio da luta armada em 1961 até à independência. No sul de angola as resistências dos Ovanyaneka-Nkumbi, Ovambadja e os Ovasikwanyma,terminaram em 1917,coma morte do Ohamba Mandume ye Ndemufayo.

 
São estes dados que devem ser reunidos aos poucos para a escrita da história geral de angola. O caminho ainda é longo, porque muitos dados históricos continuam dispersos. Os que estão no Canadá, Holanda, Inglaterra, Vaticano-Itália, Belgíca, Alemanha, Portugal podem fazer estas buscas. Nestes países existem instituições coloniais África que guardam muitos documentos sobre a África em geral e Angola em particular. Mãos a obra.

 

Lusadi kya mbote.

 

                                                                                Grupo ANADAMBA/ facebook

 

 

 

 


Archivos

Ultimos Posts