Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Breve historial da Damba

Publicado por Muana Damba activado 22 Enero 2015, 11:19am

Etiquetas: #Coisas e gentes da Damba, #Fragmentos históricos da Damba

 

Por Jose da Silva Cardoso

 

Damba situa-se a uma altitude de 1200 m. Os povos de Ndamba estavam livres em 1900, os povos do zombo queriam se revoltar porque quizeram ser como os da Dambas. O major Galhardo foi maltratado pelo Soba Mputu em 1909 sem ser castigado até em 1911. Eram também estimulados pelos mesmos dambas, que apodavam os muzombos de fracalhões e os achincalhavam com o alcunha de muleques do Governo.(…) Compreendi, portanto, desde logo, que só garantiria uma paz e tranquilidade duradouras em Maquela, quando podesse por completo destruir a causa oculta que atribuía a perturbação havida. Para isso era-me necessário instalar na Damba, o mais cedo possível o domínio da nossa autoridade.

 

Existem na Damba casas comerciais que fazem comércio de permuta com os nativos do Pombo, povos que levam negócio a Maquela. No seu caminho para a Damba atravessam o Sosso , que vive do imposto de transito que lança sobre os pombos, os quais no seu caminho para Maquela são explorados por forma análogo pelos camatambos.

 

Antes da ocupação da Damba faziam os indígenas dali o mesmo, tendo até chegado a cobrar imposto aos negociantes europeus. Reconhecendo o gentio que nos demorávamos em prosseguir na ocupação, pensou possível obrigar-nos a abandonar a nossa posição na Damba pela manutenção de um bloqueio comercial – uma espécie de boycott.

 

Julgava ele que a nossa estada ali era motivada principalmente pela estada do comércio e que, uma vez exilado este, sairíamos nós. Nessa ordem de ideias, o soba principal do Sosso, por nome de Mabiandagungo (1), fechou os caminhos, convidou o principal soba da Damba, de nome Zauambacala (2), a passar o rio Nzadi com a sua gente e haveres, para construir um forte centro de resistência, defendido naturalmente pelo rio Nzadi, e convidou o Camatambo a fazer causa comum com os aliados.

 

           -----------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Curiosidade: - Em 1904 na Damba existiam quatro comerciantes europeus, sendo um inglês…


CONSELHO DA DAMBA ( Cronologia Colonial)

… Foi primitivamente, criado como Posto militar, por portaria nº. 1416 de 30 de Dezembro
de 1911 ( B.O. nº. 52)

Passou a Capitania mor, por portaria nº.730 de 27 de Junho de 1913 ( B.O. 26), sendo ali
colocada a 1ªCompanhia em 1 de Julho de 1913.

Por decreto nº31 de 25 de Julho de 1921 (B.= 30) passou a circunscrição e, poucos meses
depois, por decreto nº80, de 14 de Dezembro 1921 (b.O. 50) ao regime civil.

A Capitania – Mor da Damba, a circunscrição Civil e o Concelho em que sucessivamente se
transformaram, engloba os Postos da Sede, Bungo, 31 de Janeiro e Camatambo.

Os Postos da Sede e Bungo foram criados pela Portaria Provincial nº. 1416 de 30 de
Dezembro 1911 e o Camatambo pela Portaria nº 386 de 25 de Março 1915.

O Posto do Camatambo foi extinto para novamente tornar a ser criado em 1962.

 

(1)  Soba MBIANDA NGUNGA. 

(2) Nzawu a Mbakala

 

 

 

Archivos

Ultimos Posts