Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


O QUE É DE FACTO N'ZAMBI : Você sabia que N'zambi não era compreendido como Deus?

Publicado por Muana Damba activado 2 Agosto 2016, 17:10pm

Etiquetas: #Religião

Por João Niango Ngombo Kina

Você sabia que N'zambi não era compreendido como Deus?

Na verdade aquilo que Compreendemos por N'zambi como um ser Supremo absoluto único, criador do Universo, infinitamente perfeito, e eterno (vulgo, Deus), é uma interpretação errónea de facto o que havia sido no passado a conceção real de Nzambi.

A terminologia Nzambi é usada em várias línguas da família geolinguistica Nigero-Congolesa. E pertence ao grupo etnolinguistico Bantü. Ela sempre foi usada com frequência (no passado) no seio linguístico e filosófico Afrikano de forma cosmologica, e por via da espiritualidade. Ou seja, Nzambi + Espiritualidade = Cosmovisão. Ou, Homem + Universo = Contemplação Mental.

Antes da introdução do cristianismo ou do Abraánismo "de forma neurológica e psicológica" seio do homem Afrikano, N'zambi era caracterizado como Mundividência.

O que existia de facto em Afrika antes da chegada dos ex-colonizadores "e dos missionários" era por simplesmente uma espiritualidade sustentada filosoficamente pela cosmologia. Ou seja, Uma espiritualidade compreendida de forma cosmologica.

N'zambi representava para o Afrikano a visão do mundo no interior e no exterior do homem "conceção do mundo", ou melhor, à conceção do mundo físico que penetrava a vida espiritual do Homem e de tudo que estava a sua volta. Para compreender N'zambi é preciso compreender a dimensão da ancient espiritualidade Afrikana. A espiritualidade Afrikana era como um veículo de enquadramento, concentração, sabedoria, orientação, compreensão etc. Ou melhor, a Espiritualidade era a forma correcta de compreender o universo cosmologico do homem e não só.

Antes porém é necessário compreender, e com bastante profundidade (este assunto) voltando ao passado histórico Afrikano. Fora da órbita Islâmica Cristocêntrica, e da engenharia psicológica Eurocêntrica.

E o passado histórico nos remete ao período das exploração colonial. Por exemplo em Angola : Quando os Portugueses chegaram à Angola "de forma acidental " eles trouxeram consigo o seu modo civilizatorio. A civilização dos portugueses veio junto com a arrogância, supremacia, intolerância, imposição, exploração, religiosidade, dominação e etc. Que culminou "obviamente" na histórica escravidão e na lavagem cerebral. Era necessário dominar o Angolano para melhor reinar e explorar de forma criminosa (ilícita). Como eles não tinham tanta força "humanamente falando" para travar uma guerra, então optaram primeiro pela via da lavagem cerebral. E obviamente a primeira via foi a implementação da religião Cristã na vida dos Angolanos. O primeiro objectivo era, tirar a visão de espiritualidade "N'zambi" que o Angolano tinha. Segundo, introduzir o seu conceito religioso ou espiritual de um ser Supremo "Deus, baseado na cristandade" ao Angolano.

Portanto, era necessário lavar mentalmente o Angolano “e tirar a visão que ele tinha de N'zambi” para puder materializar os restantes dos de mais projectos agendados pelos heróis do Mar. Foi esse os dois primeiros passos rumo a dominação histórica do povo Angolano e Afrikano no geral.

Obs : «Tal história aplicasse aos restantes ex-colonizadores».

A princípio a espiritualidade Afrikana esteve ligada à sabedoria concentração meditação e compreensão. A visão cosmologica estava dentro do conceito N'zambi. Por exemplo, na ancient cultura Kôngo antes da chegada do colono ‪#‎Francês‬ ‪#‎Belga‬ ‪#‎Holandês‬ e ‪#‎Português‬ a região que é hoje conhecida por ‪#‎Congo_Brazzaville‬ ‪#‎RDcongo‬ ‪#‎Gabão‬ e‪#‎Angola‬. Como bem escreveu o historiador Sabactani : « Existia uma hierarquia cósmica daquilo que compreendemos por seres. No topo da pirâmide estava (N'zambi). Venha os espíritos (Bakisi), homens (Batu ou Bantü), animais (Bibulu), plantas (Bimbena) e inanimados (Bimama). N'zambi impõe ao homem através da espiritualidade atitudes obediência sabedoria e respeito. A concentração e a meditação por via da espiritualidade é basicamente fascinante ou boa. Mas a morte é o caminho que traçou ao homem Afrikano para a aldeia dos antepassados. A natureza tem a responsabilidade de chamar a vida e ao mesmo tempo à morte. Ela é mais poderosa do que as mentes dos homens, tal como bakisi, que podem ser incorporadas às criaturas inferiores que são os homens, animais, plantas e seres inanimados.» É uma visão à ser compreendida daquilo que N'zambi representava no seio Kôngo.

Portanto, Quando o Afrikano deixou de forma esforçada a acreditar na sua própria espiritualidade, ele entrou diretamente no universo espiritual depende do opressor. O universo espiritual depende é aquele mundo onde o indivíduo depende da mega força de um ser superior "a nós" que dita e impõe regras em nossas vidas. Assim como o Deus das religiões (Abraâmicas) etc etc etc. De forma sistemática o Afrikano é hoje resultado do poder da supremacia euroasiática. Antes por via das religiões Abraâmicas. Que ditou o destino do verdadeiro conceito de N'zambi. E de sua contemplação mental.

Com o passar do tempo o Afrikano começou a acreditar na versão de N'zambi = Deus. Para puder materializar a agenda trazida via marítima, era preciso atingir a psicologia do Afrikano para que o mesmo entrasse de forma natural na secular agenda da engenharia cultural religiosa política económica académica científica e social, da supremacia europeia e etc.

Foi o que aconteceu, e é o que tem acontecido! Portanto, N'zambi não era descrito como é hoje: ser superior que tem poder sobre o ser humano e ao qual é prestada veneração. Ao contrário, o Afrikano não venerava ou idolatrava N'zambi, porque ele não era compreendido como um ser. A sua compreensão sempre esteve além da visão religiosa filosófica e ideológica dos ex-colonizadores.

N'zambi + Espiritualidade = Cosmovisão

O QUE É DE FACTO N'ZAMBI : Você sabia que N'zambi não era compreendido como Deus?

Archivos

Ultimos Posts