Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Bispo tocoista apela a maior solidariedade entre angolanos

Publicado por Muana Damba activado 18 Abril 2016, 19:02pm

Etiquetas: #Religião

Luanda - O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo ( Tocoista), Afonso Nunes, apelou hoje, domingo, a todos os angolanos a serem mais solidários apesar das dificuldades económicas que o país atravessa na actualidade.

DON AFONSO NUNES - BISPO DA IGREJA TOCOISTA.-FOTO: ANTÓNIO LOURENÇO

 

O líder religiosa fez este pronunciamento no sermão alusivo ao 81º aniversário do encontro entre o profeta Simão Gonçalves Toco e Deus em Catete, município de Icolo e Bengo, cuja data se assinala a 17 de Abril.

O bispo Afonso Nunes ao desenvolver o tema “ 17 de Abril e o espírito do bom samaritano” afirmou que o 17 de Abril de 1935 não é uma obra ao acaso, pois Deus que criou ao Céu e a Terra não se compadece com injustiças e essa data serviu para por cobro a injustiça que imperava em África em geral e em Angola em particular.

“ Deus é o primeiro e verdadeiro samaritano e nós como seus filhos temos de seguir o seu exemplo, por essa razão apelo a todos os fieis da Igreja Tocoista a serem solidários e a praticarem o amor no verdadeiro sentido do palavra”, sublinhou.

Para o líder religioso “ só com a solidariedade e amor ao próximo o povo angolano conseguirá fazer face a esta crise económica que actualmente atravessa, visto que se regista uma grande falha em relação ao cumprimento deste pressuposto por parte do povo”.

Afirmou que a missão da Igreja Tocoista é de lutar pela reconciliação de todos os a angolanos em geral onde não haja mais diferença de cores partidárias, credo religioso, pensamento ou raça.

Ao referir-se à libertação do continente africano em geral, o líder religioso considerou que apesar de a maioria dos países africanos terem alcançado a sua independência política a luta agora está virada para a libertação das mentes.

“ Os nossos países foram libertos politicamente mas continuam com os pés amarrados ao tronco, ou seja continuam a depender intelectualmente dos países colonizadores uma vez que pensam que os mesmos são superiores quando na realidade Deus fez a todos os homens iguais “, referiu.

Realçou que a igreja que se cala perante os problemas da sociedade está a fazer o trabalho do reino do inferno e a Igreja Tocoista não se pode calar perante os problemas que afectam o continente africano em geral.

Na ocasião pediu as autoridades governamentais no sentido de pavimentarem o santuário onde decorreu o encontro de Deus com o profeta Simão Gonçalves Toco, o qual ocorreu no município onde nasceu o primeiro presidente da república de Angola, António Agostinho Neto.

No decorrer do culto foram consagrados oito novos pastores que se prontificaram em trabalhar em prol dos novos desafios que a congregação terá no futuro.

Para além da ministra do Cultura participaram no culto deputados à Assembleia Nacional, membros do Governo Provincial de Luanda, lideres de diversas congregações religiosas e perto de 300 mil fiéis.

O acto decorreu sob o tema central “ Movidos pelo Espírito de Abril, espalhemos com coragem os ideais da paz, unidade e reconciliação defendidos por sua santidade profeta Simão Gonçalves Toco.

Via Angop

Archivos

Ultimos Posts