Overblog Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog

Portal da Damba e da História do Kongo

Portal da Damba e da História do Kongo

Página de informação geral do Município da Damba e da história do Kongo


Feira do Livro decorre no Uíge

Publicado por Muana Damba activado 2 Marzo 2016, 18:43pm

Etiquetas: #Cultura, #Notícias do Uíge

Feira do Livro decorre no Uíge

Por António Capitão

Os amantes da leitura na província do Uíge têm desde segunda-feira e até amanhã um espaço para poderem adquirir obras literárias e cientificas e publicações da Imprensa Nacional.

Trata-se da primeira edição da Feira do Livro e da Leitura, realizada no Largo do Governo Provincial do Uíge, iniciativa da Direcção Provincial da Cultura, em parceria com nove livrarias locais.

Mankueno Lopes, estudante do segundo ano da Faculdade de Direito da Universidade Kimpa Vita, aproveitou a ocasião para comprar a edição actualizada da Lei 7/15 de 15 de Junho-Lei Geral do Trabalho e outro sobre o Direito Angolano, tendo destacado a realização da feira e elogiou as quantidades dos livros expostos.
“Há livros para todos níveis e idades. É uma oportunidade para podermos diversificar as nossas bibliografias nos nossos trabalhos de investigação científica e enriquecermos os nossos conhecimentos nas áreas em que nos estamos a formar”, referiu o estudante.

João Francisco, estudante do primeiro ano do curso de Psicologia no Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), foi ao largo do Governo Provincial para comprar livros da sua área de formação. Dentre os manuais escolhidos pelo estudante destaca-se o de metodologia de investigação científica, de Carlinho Zassala.

O director provincial da Cultura, José Caricoco, disse que a feira do livro pretende ser um local onde estudantes e amantes da literatura podem adquirir livros.

“Não é possível existir um povo sábio e intelectual sem recurso aos livros e à leitura. Com a carência de bibliotecas na cidade do Uíge, esta feira permite que durante quatro dias as pessoas comprem os livros necessários para as suas formações académica, técnica ou profissional”, concluiu o director provincial da Cultura.

Via JA

« Voltar

Archivos

Ultimos Posts